CORD - Clínica de Ortopedia e Recuperação Desportiva
Rua Catequese 1171, 5º andar | Jardim - Santo André/SP (11) 2669.4700 | (11) 2669.2311

CORRIDA DE RUA

Conhecemos a cada dia que passa, novos benefícios obtidos com a prática de atividade física. Entre os principais estão os efeitos positivos à diferentes sistemas do corpo humano, como o músculo-esquelético, cardio-vascular, respiratório, entre outros. É também uma ótima forma de socialização, pois a grande maioria dos praticantes prefere atividades em grupos ou ambientes próprios, no qual o convívio com outras pessoas torna-se mais um atrativo.

Acredito que a corrida seja a modalidade esportiva mais antiga do mundo, e não é que ela virou moda novamente!

O número de praticantes aumenta diariamente, e os eventos/competições multiplicam-se de forma surpreendente.Definitivamente é um modismo que seduziu muitas pessoas, que resgatou sedentários, que introduziu hábitos de vida mais saudáveis, mas que deve ser feito com orientação e algumas precauções para evitar problemas sistêmicos e lesões ao sistema esquelético.

Inicialmente, após pensar em começar a "correr", deve-se procurar um médico para realizar alguns exames clínicos e laboratoriais de aptidão à prática de atividade física. Hoje em dia uma avaliação ortopédica pode ser de grande valia na prevenção de lesões, através da detecção de alterações posturais, mau posicionamento articular, desequilíbrios musculares e problemas na mecânica da pisada do participante.

Depois, buscar a orientação de profissionais especializados é uma excelente escolha. Equipes de corrida de rua são ótimas opções, porém deve-se pesquisar quem são seus orientadores/coordenadores para que suas metas sejam alcançadas sem o risco de haver "turbulências" durante o caminho.

Enfatizamos que o "alicerce" deve ser construído antes de se erguer a casa, e a nossa sustentação é o sistema músculo-esquelético. Quando não realizamos um trabalho correto de alongamento, aquecimento e fortalecimento muscular, corremos o risco de sobrecarregar articulações, ossos e músculos, nos expondo a lesões, cujos sintomas e tratamentos podem exigir a parada da atividade e a perda do estado atlético já adquirido. Sendo assim, um programa de fortalecimento muscular deve estar incluído no planejamento dos praticantes.

Não é incomum o corredor começar a sofrer com o surgimento de condromalácia patelar ou da síndrome do trato iliotibial. Nestes casos causada por alguma falha (excesso ou falta) nos treinamentos / competições, ou alterações ortopédicas pré-existentes.

Seu tratamento deve ser orientado por um médico especialista, e consiste em reverter o processo inflamatório, proteger a cartilagem articular com condroprotetores e viscossuplementação (ácido hialurônico), e corrigir a causa com medidas próprias, fisioterapia quando necessário e exercícios adequados.

 

Saiba mais sobre o tratamento de cartilagem com ácido hialurônico (viscossuplementação) clicando aqui.